Arquivo de Setembro, 2008

Cadê a Primavera?

Enquanto blipo ( http://blip.fm/raiopositronico )uma seleçao nostálgica, lendo blogs de amigos, respondendo emails antigos (maldita procrastinaçao!), uma caneca de chá preto com limao, a cabeça tentando se ver livre dos problemas diários do trabalho, me vem a  mente que amanha já é outubro! Porra, cadê a Primavera?

Anúncios

1 Comentário

Garden of Delight

Sempre gostei de flores e de plantas, só que nossa intimidade acabava quando eu sentia  o perfume. Depois do AVCH do Sé, passei a comprar flores do campo semanalmente para dar um pouco de alegria à casa enquanto ele se recuperava. Embora morássemos num apartamento ensolarado e amplo no Pacaembu, região central da  cidade, nada durava. Mesmo as flores em vaso que ganhávamos, secavam apesar de todos os cuidados diários. Não era eu quem cuidava, ou era o Sé ou a nossa faxineira. Tudo ficava naquele tom verde musgo empoeirado do centro da cidade.

Em fevereiro passado mudamos para o Tatuapé, uma casa num bairro até relativamente bem próximo do centro, mas com cara de interior, e então o jardim cresceu e floriu. Hoje me levanto mais cedo para cuidar dele antes de ir pro trabalho, coloco fertilizantes, dou “balinhas” de minerais, rego, mudo de lado, tiro mudas, etc. Um prazer de mexer com terra e vida que eu não havia imaginado que pudesse existir.

O Resultado? Gérberas e gerânios que dão flores constantemente, jasmim e orquídeas na segunda florada, violetas que a cada dia se fortalecem e ficam mais exuberantes, hortencias, lavanda em flor, além de um pequeno herbário com manjericão, hortelã e tomilho. A unha-de-gato começa a tomar conta das paredes, o hibisco vai ter que ir pro chão pois já é quase uma árvore e eu quero mais, pois arrumei um novo vício. Agora que o Sé está bem, percebo como cuidar de alguém é fundamental pra nossa vida, mesmo que seja cuidar das plantas.


1 Comentário

Vocatus atque non vocatus, Deus aderit.

(Evocado ou nao, Deus está presente) Erasmo de Roterdan

Deixe um comentário

A History of Evil

1 Comentário

A vida simbólica

Comecei este blog enquanto leio Memórias, Sonhos e Reflexoes, de Carl Jung. A cabeça em turbilhao, milhoes de pensamentos, imagens, sons, críticas a mediocridade e a falta de til neste laptop hispânico vao permear este blog. Vamos ver no que dá.

1 Comentário

Santogold – Lights out

Deixe um comentário

Laurie Anderson – Kokoku

Deixe um comentário